“A nova economia não está na tecnologia, seja o microchip ou a rede mundial de teleconumicações.
Está na mente humana.” Alan Webber

sexta-feira, 8 de abril de 2011

Jumo - A rede social para quem quer mudar o mundo

Com o lema: “Together we can speed the pace of global change” o Co-fundador do facebook Chris Hughes fundou em fevereiro de 2010 a rede social que une pessoas e organizações filantrópicas. Hughes afirmou, numa conferência, ter tido a ideia depois do sismo no Haiti, a 12 de Janeiro de 2010, inspirado pela resposta das comunidades online aos pedidos de ajuda.

A rede social é muito semelhante ao Facebook, agrupa as organizações e seus projetos permitindo que os usuários sigam aquelas com as quais se identificam. No primeiro dia, contava já com 3500 organizações. "A nossa missão real é facilitar o máximo possível para que as pessoas encontrem as instituições e se liguem de uma maneira substancial", diz Hughes à CNN.

"Circula tudo em torno na pergunta: Com o que é que o usuário se preocupa?", afirma.
Mas o que muda em se "gostar" de uma causa? Chris Hughes explica que o Jumo "facilita a ligação com os profissionais que trabalham em várias áreas para criar mudança. Milhões de grupos trabalham noite e dia para oferecer cuidados de saúde, serviços de educação ou criar um bom governo, e acho que o desafio não é usar a comunicação social para reinventar o conceito de solidariedade social, mas apoiar o trabalho daqueles que fazem o trabalho noite e dia".

Jumo visa resolver três desafios fundamentais:
- Há milhões de pessoas trabalhando para melhorar a vida dos outros, muitos dos quais carecem de recursos para ter maior impacto.
- Há milhões que querem ajudar, mas não sabe como.
- Apesar dos avanços em tecnologias de conexão, é difícil encontrar oportunidades significativas de se envolver.

Juan Diego Polo testou Jumo, o post pode orientar um usuário a fazer seu cadastro e encontrar projetos que identifiquem.
Para uma organização o cadastro de um projeto é fácil e intuitivo. Infelizmente ainda não encontramos muitos projetos brasileiros. Mas se você conhece alguma ONG fale sobre essa rede social. Vale a pena!

Fica ai a dica!

Para saber mais:
www.jumo.com
www.twitter.com/jumoconnect

0 comentários:

Postar um comentário